Musculação

O denso metal movimenta-se, retilíneo, partindo e voltando em oposição à resultante da gravitação universal, afronta produzida bioquimicamente por sinapses elétricas. Ar oriundo da osmose alveolar expande-se ao céu, quente e umedecido, carregado de sons, gemidos, silêncios incontidos.

Transuda-se a pele, conjuntos de músculos túmidos. Curvas, expressões, posturas causadoras de fermentação psicológica erótico-criativa.

Neste ambiente, quantidade considerável de energia calórica é despendida, no intuito de posterior ganho de potência homeostásica: fertilização do capital estético, sexual, esportivo, de labor; social.

No decorrer de tal expediente, agride-me os sentidos tuas passagens por entre ferro e aço, borracha e plástico, banhados em sons musicais agitados. A temperatura corporal eleva para além da dinâmica exercitária do sistema musculoesquelético. O equipamento que exige o menor esforço, pede apenas o pressionar de um botão, afim de fornecer o solvente universal de frieza não distante do congelamento, meio único de arrefecer minimamente a termalidade que me aflige, sequência da contemplação visual de sua estância passante.

Minha existência vai com você pelas portas que se movem sozinhas, cuja transparência não impedem a luz do sol refletida em ti toda chegar à minha vista suada, fixa no ponto do universo que você ocupa.

Parto tempos após, impulsionado por sua presença nos devaneios e ímpetos que arremetem-me adiante, impelindo agilmente os membros fortes que levam de encontro meu rosto ao vento, como se quisesse encontrá-la ou deixá-lo de mim a levar, ó tumulto poético feminino de beleza, alegria e lascívia de meus pensares.

Envolvido à hidricidade descendente de um chuveiro deseletrificado, sinto contraírem-se os músculos sob o frio impactante, esperado resfriamento de vulcão desperto pelo tremor do terremoto que me causou sua presença transitante.

Gotas escorrem, inabsorvidas pelos felpos macios da toalha vermelha por entre os traços musculares do corpo, indicando os caminhos que suas mãos deveriam seguir, e onde sua língua e lábios poderiam ocasionalmente secá-las.

Amanhã outro treino, outros movimentos, um clima meteorológico diferente e um arremedo passional inédito de atração pela mulher conhecida, ode de manifestação inclemente de toda variedade de vibrações e desejos em mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s